Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
PREFEITURA MUNICIPAL DE DRACENA
Previsão do Tempo
ALERTA: Quase metade dos pacientes com dengue em Dracena não seguem orientações quanto à continuidade do tratamento

 

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO

Prefeitura de Dracena

A Prefeitura de Dracena, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Higiene Pública, informa que até essa quarta-feira (12), o município registrou 116 casos de dengue, sendo 107 autóctones - quando são adquiridos na cidade -, e 09 importados. Em 2018 foram cinco casos; 2017, 12 registros; 2016 tiveram 108 casos; e em 2015, 1.495 casos.

A Secretaria de Saúde vem tentando de todas as formas combater o mosquito e evitar uma epidemia no município, porém, sem que os moradores façam sua parte, não é possível. 

A situação fica ainda pior, visto que, cerca de 50% das pessoas que dão entrada no Pronto Atendimento Municipal (PAM) ou nas Unidades Básicas de Saúde com suspeita de dengue, ou não permanecem no local ou então não retornam para coletar os exames (hemograma ou sorologia).

"O risco de agravamento da dengue é sempre a partir do terceiro ou quarto dia, por isso, é extremamente importante que o paciente siga o tratamento conforme a orientação dos profissionais da saúde", salienta a Secretária Municipal de Saúde e Higiene Pública, Lígia Sinatura.

Dentre as muitas medidas adotadas, foram contratados mais oito funcionários de campo, em contrato emergencial, para enfrentamento da transmissão da dengue, estando ainda mais cinco pessoas em fase de contratação.

A Vigilância Epidemiológica ainda realiza um trabalho contínuo, por meio de agentes de controle de vetores, com visitas intensificadas nas residências, além dos três mutirões de limpeza por ano, percorrendo todos os bairros do município. 

Também é feito um trabalho de prevenção e orientação a partir de palestras e distribuição de materiais educativos em escolas, entidades, empresas, igrejas e clubes de serviços de Dracena.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, todos os dias os agentes de controle de vetores têm encontrado muitas larvas e recipientes com água nas residências de Dracena. Visto o quadro de alerta em que o município se encontra e que a maioria dos casos registrados até então são autóctones, a situação fica ainda mais perigosa.

A Prefeitura novamente reforça a necessidade de todos fazerem a sua parte no combate a dengue, que pode levar até a morte. A orientação da Vigilância é para que a população mantenha seus imóveis limpos e elimine todos os recipientes que podem acumular água; lavem duas vezes por semana com água, sabão e uma bucha os bebedouros dos animais.

Também é preciso manter piscinas tratadas com cloro; limpe calhas e lajes; tampem caixas d'água assim como tambores e bombonas usadas em construções; coloque detergente a cada 15 dias na bandeja da geladeira, caso haja.

E após a chuva é necessário vistoriar o quintal e eliminar tudo que possa acumular água, como: baldes, regadores, brinquedos espalhados, garrafas, materiais recicláveis, lonas, etc... Essa luta é todos!

SERVIÇO: A Vigilância Epidemiológica está a disposição de qualquer empresa, instituição, escola, comércio, entre outros, que tenham interesse em aplicar palestra educativas e preventivas sobre a dengue. O pedido pode ser feito pelo telefone (18) 3822-2621 ou pessoalmente na Avenida José Bonifácio, n° 950, no Setor Amarelo do CEDRAC, das 07h às 17h.

Data: 14-03-2019 15:41:35