Novo Chamado Ouvidoria
Portal da Transparência
Contas Públicas
Licitações

Prefeito Juliano tem audiência com o Secretário Estadual de Educação, José Renato Nalini

Publicado em: 09/02/2017 14:49 - Categoria: Administração
Prefeito Juliano tem audiência com o Secretário Estadual de Educação, José Renato Nalini

Prefeito Juliano tem audiência com o Secretário Estadual de Educação, José Renato Nalini

Situação da creche do Jardim Santa Clara foi um dos temas debatidos no encontro em São Paulo

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Prefeitura de Dracena

Na tarde de quarta-feira (1), o Prefeito Juliano Brito Bertolini, a Secretária de Educação Vanessa Redígolo Castilho e a professora formadora Eli Camargo participaram de audiência com o Secretário Estadual de Educação José Renato Nalini e com o assessor especial Jorge Sagae, na sede da pasta, na Praça da República, em São Paulo.

Durante o encontro, Bertolini expôs situações relativas ao sistema de educação municipal, com destaque para a creche do Jardim Santa Clara, infraestrutura das escolas, linhas de ônibus para o transporte dos alunos e retomada do programa “Ler e Escrever” nas unidades sob a responsabilidade da prefeitura.

Muito solícito às necessidades do município, o Secretário Nalini tomou nota de todos os temas e disse querer trabalhar em parceria com a administração para que as crianças dracenenses tenham o melhor ensino possível.

“Essa audiência com o Secretário foi muito importante para a educação de Dracena”, declarou Juliano. “Expusemos as carências do nosso município e recebemos o apoio para implantar as mudanças necessárias para a melhoria no sistema de ensino”, disse.

A respeito da creche do Jardim Santa Clara, o prefeito Juliano atualizou o secretário a respeito da obra, que deveria ter sido entregue em julho de 2016, e disse que a prefeitura tem interesse em dar seguimento no projeto, mesmo que isso onere os cofres do município. “Não podemos nos dar ao luxo de perder uma creche. Mesmo que haja um custo extra, assumiremos esse valor para atender a necessidade da população”, completou Bertolini.